Ultimas Noticias

BOLSONARO QUER COLOCAR OS ÍNDIOS ABAIXO DOS RURALISTAS


Depois de comparar índios que vivem em reservas a animais em zoológicos, o presidente eleito cogita deslocar a gestão da Funai (Fundação Nacional do Índio), atualmente vinculada ao Ministério da Justiça, para o Ministério da Agricultura, que cuida dos interesses do agronegócio; "A Funai está em processo de definição, mas deve ir para Agricultura", disse Onyx Lorenzoni
 O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), quer colocar os índios abaixo dos ruralistas. A ideia do futuro governo é deslocar a gestão da Funai (Fundação Nacional do Índio), atualmente vinculada ao Ministério da Justiça, para o Ministério da Agricultura, que cuida dos interesses do agronegócio.

"A Funai está em processo de definição, mas deve ir para Agricultura", disse Onyx Lorenzoni, futuro ministro da Casa Civil, em coletiva de imprensa concedida nesta segunda-feira 3. "A visão que o presidente tem é no sentido de poder dar condições para que aqueles indígenas que quiserem, aqueles grupamentos, pessoas ou indivíduos possam buscar uma outra condição. E que isso, lamentavelmente, pelas políticas feitas nas últimas duas décadas não foi permitido às pessoas. É muito grave", completou.

Segundo ele, o governo Bolsonaro pretende identificar "o que é conflito fabricado" em relação aos povos indígenas e o que é "problema verdadeiro".

As declarações foram novos ataques do futuro governo aos povos originários do Brasil. No final da semana passada, Bolsonaro comparou índios que vivem em reservas indígenas a animais em zoológicos (relembre aqui). Em nota, o Cimi (Conselho Indigenista Missionário) rebateu a declaração: "Ao fazer isso, o presidente eleito sinaliza que os povos podem ser caçados e expulsos por aqueles que têm interesse na exploração dos territórios indígenas e que pensam como ele".
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário