Ultimas Noticias

Janaína Paschoal alega questões familiares e recusa convite para ser vice de Bolsonaro



A advogada Janaína Paschoal recusou, neste sábado (4), o convite para ser vice de Jair Bolsonaro (PSL) na disputa presidencial. No Twitter, ela alegou questões familiares: "eu não posso me mudar para Brasília. A minha família não me acompanharia".


Janaína explicou que conversou com Bolsonaro e com Gustavo Bebianno, presidente em exercício do PSL, e chegou a conclusão de que não poderia concorrer à vice-presidência neste momento. Ela pediu desculpas ao Brasil e prometeu continuar lutando por "um país livre".

"Acima de tudo, um país de mentes livres. Essa tem sido minha luta, desde que nasci. Acho até que nasci para isso!", afirmou a advogada na rede social.

Em entrevista ao GloboNews, na noite de sexta-feira (4), Bolsonaro afirmou que, caso Janaína não fosse sua vice, o príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança seria o escolhido.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário