Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

A cinco dias da eleição, clima na campanha de Bolsonaro é de conflitos e acusações



A real possibilidade do ex-presidente Lula (PT) vencer as eleições no primeiro turno está apavorando a campanha de Jair Bolsonaro (PL). De acordo com informações do jornalista Lauro Jardim, em sua coluna no jornal O Globo, enquanto no QG de Lula o clima é de vitória, no do atual ocupante do Planalto não sobram acusações sobre a culpa do candidato estar estagnado nas pesquisas.
“Nos arraiais bolsonaristas, sobram acusações de erros na condução do marketing, de reclamação de parcialidade da imprensa e da falta de engajamento de alguns ministros. Os comandantes da campanha de Bolsonaro não jogaram a toalha, mas o clima é mais de voluntarismo do que de estratégias definidas”, diz trecho da reportagem.
Ainda de acordo com a reportagem, a gota d’água foi a última pesquisa Ipec divulgada na segunda-feira (26). A oscilação de 47% para 48% das intenções de voto para Lula na pesquisa Ipec desta segunda-feira foi vista por petistas como o “início da onda” que pode levar à vitória no primeiro turno.
De acordo com reportagem da jornalista Bela Megale, do Globo, "a leitura na campanha é que uma maior migração de votos úteis para Lula deve acontecer às vésperas da eleição, a partir de quinta e sexta-feira. Com isso, há a expectativa de que o petista consiga superar os 50% dos votos. Hoje este índice está em 52%, segundo o Ipec", diz trecho da reportagem.



Postar um comentário

0 Comentários