Header Ads

ULTIMAS NOTICIAS

Bruna Surfistinha rebate Jair Bolsonaro: deveria cuidar da moral da própria família


Bruna Surfistinha se referiu nesta sexta-feira (19) à fala de Jair Bolsonaro sobre o emprego de dinheiro público no filme "Bruna Surfistinha" como "mais uma infeliz declaração" e rebateu dizendo que Bolsonaro "deveria cuidar da moral da própria família"




A DJ Raquel Pacheco, no passado conhecida pelo apelido de Bruna Surfistinha, se referiu nesta sexta-feira (19) à fala de Jair Bolsonaro sobre o emprego de dinheiro público no filme "Bruna Surfistinha" como "mais uma infeliz declaração do Bolsonaro", e rebateu: "antes dele fazer juízo de valor sobre os outros, deveria cuidar da moral da própria família e do nosso país".
Segundo Raquel, "Ele está cuidando demais do que não precisa e fazendo pouco do que é realmente necessário pra termos um país melhor."
Na quinta-feira (18), Bolsonaro havia dito: "Nāo posso admitir que se façam filmes como o da Bruna Surfistinha".
Antonia Pellegrino, roteirista do filme, respondeu Bolsonaro na manhã de hoje, dizendo: "O que você não deveria admitir é 13 milhões de desempregados, universidades sucateadas e ter laranjas na sua família. Cegueira e ignorância levam à censura. Melhore”.

Já o colunista José Simão ironizou o presidente, dizendo que "A culpada pela extinçāo da Ancine é a Surfistinha! Que fez menos sacanagem q o min da Educaçāo!".



Segundo a jornalista Daniela Lima, do Painel, os produtores que trabalharam em "Bruna Surfistinha" ficaram indignados com a declaração de Jair Bolsonaro.

"Quem trabalhou na película lembra que ela gerou centenas de empregos, e que a série, gravada após o filme, foi uma das mais vistas na América Latina —e está na quarta temporada. 'Bruna Surfistinha' teve mais de 2 milhões de espectadores, a segunda maior bilheteria de 2011", escreveu a jornalista.

Nenhum comentário