ULTIMAS NOTICIAS

Meme nazista do sapo Pepe é usado para convocar ato pró-Bolsonaro do dia 26

O sapo Pepe, símbolo da extrema-direita norte-americana, é um meme associado ao discurso de ódio que prolifera nos fóruns anônimos da internet (chans) e na deep web. Os setores mais extremistas e delirantes do bolsonarismo estão utilizando o meme do sapo Pepe para reforçar a convocação entre a juventude dos atos golpistas pró-Bolsonaro do próximo domingo (26).
Segundo uma reportagem da revista Época, a imagem em adesivos do sapo Pepe surge geralmente em ambientes universitários ou associados à esquerda. “É possível encontrar, nas redes sociais, ao menos duas dezenas de imagens dos adesivos colados em faculdades por São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e outras cidades. Na maioria das vezes, são grudados por cima de cartazes, murais e pichações com conteúdos considerados progressistas, como mensagens de apoio a Marielle Franco, ao ex-presidente Lula ou contra a ditadura militar”, diz um trecho do artigo na revista.
O sapo Pepe foi criado em 2005 pelo desenhista americano Matt Furie, sem nenhuma relação com discurso de ódio. Decepcionado por sua criação ter se tornado um símbolo de extremistas de direita, o cartunista tentou de várias formas retomar o controle sobre o sapo. Ele chegou a “matar” Pepe e até criou uma campanha para recriá-lo como um ícone de “paz, amor e tolerância”. A ideia não deu muito certo.
O sapo Pepe foi uma espécie de mascote da campanha eleitoral de Donald Trump entre os setores mais “barra pesada” da extrema-direita dos Estados Unidos.
A Liga Antidifamação, organização internacional judaica fundada em 1913 para responder ao clima de antissemitismo e intolerância que crescia neste período nos Estados Unidos, ainda classifica Pepe como um “símbolo do ódio”, ao lado de figuras como a suástica nazista e associações ao Ku Klux Klan, movimento nazi-racista dos Estados Unidos.
            *Com informações da Época/Antifa (Facebook)

Nenhum comentário