Ultimas Noticias

Michel Temer, mesmo ‘morto’, fala em reforma da previdência depois da eleição



Você acredita em vida após a morte? Michel Temer acredita. Mesmo morto político, ele acha que pode retomar a reforma da previdência (fim da aposentadoria) depois da eleição. Ou seja, quer concluir o trabalho sujo em favor dos bancos e contra os brasileiros.
“Estou disposto a fazer um acordo com o futuro presidente, porque ainda dá tempo de aprovar a reforma da Previdência neste ano, em outubro, novembro e dezembro”, disse Temer ao Estadão.
A certeza de que o próximo eleito será de direita é tanta que Temer estima a aprovação do fim da aposentadoria “em outubro, novembro e dezembro”. Ora bolas, carambola. E se vencer a esquerda e o PT? Não existe esta variante, Vampirão Neoliberalista?
Aliás, Lula é mantido preso político para não concorrer à eleição. O objetivo do golpe iniciado em 2016 é dilapidar o patrimônio público e retirar o que sobrou de direitos para os trabalhadores.
Em tempo: Michel Temer completa neste sábado (12) dois anos de desgraça, isto é, de golpe de Estado, que elevou o desemprego, aumentou a violência, precarizou o trabalho, disparou a corrupção, enfim, Fora Temer.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário